X

RECEITA FEDERAL DE OLHO

Barcelona é investigado por supostos pagamentos a comitê de arbitragem

O clube está sendo investigado pela receita federal do país por pagamentos a uma empresa do ex-vice-presidente do comitê de arbitragem da Espanha

Leonardo Sandre

Publicado em 16/02/2023 às 11:49

Atualizado em 16/02/2023 às 14:54

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Time do Barcelona em 2016 / Reprodução/FCBarcelona

O Barcelona se envolveu em mais uma polêmica no futebol espanhol. O clube está sendo investigado pela receita federal do país por pagamentos a uma empresa do ex-vice-presidente do comitê de arbitragem da Espanha, José Maria Enriquez Negreira, no total de R$ 8 milhões.

O dinheiro seria para o ex-árbitro prestar assessoria de “scouting”. O serviço seria para observar adversários e jogadores, fazer relatórios e também sobre árbitros (como trabalham, características, etc). Foram feito pagamentos cerca de 1,5 milhões de euros (R$ 8 milhões) entre 2016 e 2018.

Entre 2016-2018, o Barcelona teve 32 pênaltis a favor e NENHUM contra na La Liga.

Depois que o caso veio à tona na imprensa, a Federação Espanhola emitiu um comunicado dizendo que quem faz parte do Comitê Técnico Arbitral (CTA) precisa informar se tem alguma outra atividade no futebol, para garantir que não haja conflito de interesses.

Vale destacar que neste momento não há nenhuma investigação ou indício de beneficiamento do clube por interferência arbitral. Além disso, o Barcelona, no entanto, o clube espanhol não poderá sofrer punições desportivas, apenas fiscais, pelo caso ter sido prescrito na justiça espanhola.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

caso em investigação

Delegado não descarta crime em morte suspeita de cantor Nahim

O corpo do cantor foi encontrado sozinho por funcionário de uma empresa de telefonia que fazia instalação na local

MELHORIAS NA GRANDE SP

Obras: veja fotos de como ficará a Praça Nicola Vivilechio em Taboão da Serra

A Praça Nicola Vivilechio, ponto de encontro da cidade, passa por obras de revitalização; projeção é que o local seja reinaugurado em novembro deste ano

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter