X

Esportes

Corinthians piora sua situação no Brasileiro, após derrota para o Vasco

Ramón Díaz, novo técnico do Corinthians e ex-Vasco, assistiu ao jogo das tribunas

ALEXANDRE ARAÚJO E RENAN LISKAI - Folhapress

Publicado em 10/07/2024 às 21:31

Atualizado em 10/07/2024 às 22:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Lucas Piton, lateral revelado pelo Corinthians, marcou o primeiro gol do Vasco no jogo. Sforza, com um golaço de falta, fechou o placar / Matheus Lima/Vasco da Gama

Pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians perdeu para o Vasco por 2 a 0, em partida disputada em São Januário, na noite desta quarta-feira (10).

A vitória teve a marca da 'lei do ex'. Lucas Piton, lateral revelado pelo Corinthians, marcou o primeiro gol do Vasco no jogo. Sforza, com um golaço de falta, fechou o placar.

Ramón Díaz, novo técnico do Corinthians e ex-Vasco, assistiu ao jogo das tribunas. O argentino foi anunciado como novo comandante do Timão na tarde desta quarta-feira.

O Vasco conquistou a terceira vitória consecutiva, chegou aos 20 pontos e assumiu a 10ª colocação no Campeonato Brasileiro. O Corinthians, por outro lado, segue com 12 e dentro da zona de rebaixamento, no 17° lugar da competição.

O Corinthians volta a campo na próxima terça-feira (16), quando recebe o Criciúma, às 21h (de Brasília). O Vasco enfrenta o Atlético-GO, fora de casa, no dia seguinte, às 19h (de Brasília). Os dois jogos serão válidos pela 17ª rodada do Brasileirão.

COMO FOI O JOGO

O Vasco teve a bola durante a etapa inicial, mas quem levou mais perigo foi o Corinthians. Jogando em casa, o time carioca até ensaiou uma pressão nos primeiros minutos, mas ela foi bem controlada pela equipe corintiana. O Timão, por sua vez, apostou nos lances pelo lado esquerdo, com Wesley e Matheus Bidu. As principais chances, no entanto, vieram por meio da bola parada. Nos acréscimos, o Vasco conseguiu criar oportunidades, porém nenhuma que exigisse muito de Matheus Donelli.

O Vasco voltou melhor para o segundo tempo e contou com 'lei do ex' e golaço. Empurrados pelo torcida, os donos da casa quase marcaram com Vegetti, e balançaram a rede com Piton. O time carioca passou a ter mais volume de jogo, e o Corinthians apostou nas saídas em velocidade. As substituições deram um respiro em ambos os lados, mas sem mudar tanto o cenário da partida. Com dificuldades para criar, o time paulista praticamente não assustou Léo

Jardim e ficou longe do empate. Nos acréscimos, Sforza anotou um golaço em cobrança de falta próxima a área e decretou a vitória vascaína.

LANCES IMPORTANTES E GOLS 

Wesley recebeu pela ponta esquerda e serviu Matheus Bidu. Dentro da área, o lateral dominou, levou para a perna direita e bateu rasteiro. A bola passou próxima à trave esquerda de Léo Jardim.

Igor Coronado cobrou falta no ângulo esquerdo de Léo Jardim, que voou e conseguiu espalmar para escanteio.

Romero leva perigo em escanteio. No lance seguinte à defesa de Léo Jardim, Coronado cobrou escanteio na cabeça de Romero que, na primeira trave, tentou desviar para o gol, mas mandou à esquerda do gol.

No final do primeiro tempo, Praxedes ganhou sobra de escanteio de Matheus Bidu, Adson arrancou desde o campo de defesa, tabelou com Praxedes e, da entrada da área, finalizou colocado, mas mandou por cima.

Matheuzinho salva o Corinthians. No começo do segundo tempo, Adson serviu Vegetti com uma cavadinha dentro da área. O centroavante dominou, protegeu e finalizou de direita. Matheuzinho, mesmo caído, esticou a perna e conseguiu desviar.

Aos 9 minutos, Lucas Piton recebeu pelo lado esquerdo, deixou Romero para trás, invadiu a área e finalizou cruzado para abrir o placar para o Vasco.

Sforza mata o jogo com golaço. O Vasco fechou o jogo com um golaço. Aos 49 minutos, Sforza cobrou falta da entrada da área com categoria, e a bola morreu no ângulo esquerdo de Matheus Donelli, que até pulou, mas não alcançou.

VASCO

Léo Jardim; Paulo Henrique, Maicon, Léo e Lucas Piton (Leandrinho); Hugo Moura (Zé Gabriel), Mateus Carvalho (Sforza) e Praxedes (JP); Adson (Bruno Lopes), David e Vegetti. T.: Rafael Paiva

CORINTHIANS

Matheus Donelli; Matheuzinho, Félix Torres, Cacá e Matheus Bidu; Raniele (Ryan), Breno Bidon (Giovane) e Igor Coronado; Romero (Pedro Henrique), Wesley (Matheus Araújo) e Yuri Alberto (Pedro Raul). T.: Raphael Laruccia

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Assistentes: Lúcio Beiersdorf Flor (RS) e Maurício Coelho Silva Penna (RS)
VAR: Marco Aurélio Augusto Fazekas Ferreira (MG)
Gols: Lucas Piton (9'/2°T), Sforza (49'/2°T)
Cartões amarelos: David, Mateus Carvalho, Bruno Lopes (VAS), Raniele, Félix Torres, Giovane, Igor Coronado, Cacá (COR)

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

BATIDA

Ônibus e moto pegam fogo após acidente na zona sul de SP

Cerca de quatro viaturas do Corpo de Bombeiros foram encaminhadas ao local

Cotidiano

Rodovias do SAI têm trânsito fluindo bem nesta quinta

Informações foram passadas por meio do boletim da Ecovias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter