Publicidade

X

Copa do Brasil

Corinthians vence Cianorte e avança na Copa do Brasil, em jogo tranquilo

O Corinthians afastou de vez o fantasma da derrota para o Cianorte em 2005

Folhapress - ANDRÉ MARTINS

Publicado em 22/02/2024 às 22:15

Atualizado em 22/02/2024 às 22:43

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Wesley e Romero, duas vezes, fizeram os gols da classificação. Jogando de 'camisa 9', o paraguaio chegou a cinco tentos na temporada e assumiu a artilharia do time. / Rodrigo Coca/Corinthians

O Corinthians viajou até Maringá (PR) para enfrentar o Cianorte e venceu por 3 a 0, na partida disputada no Estádio Willie Davids. O jogo foi sem sustos para a equipe do treinador António Oliveira e o Timão avançou para segunda fase da Copa do Brasil.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Wesley e Romero, duas vezes, fizeram os gols da classificação. Jogando de "camisa 9", o paraguaio chegou a cinco tentos na temporada e assumiu a artilharia do time.

O Corinthians afastou de vez o fantasma da derrota para o Cianorte em 2005. Há 19 anos, as equipes se enfrentaram no jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil, e o time paranaense venceu por 3 a 0 -na volta, o Alvinegro paulista goleou por 5 a 1 e seguiu vivo no torneio naquele ano.

O próximo adversário dos comandados por António Oliveira na Copa do Brasil sairá de Olaria x São Bernardo, que será disputado na próxima quarta-feira (28), às 15h30. O duelo da fase seguinte, também em jogo único, será disputado na semana dos dias 6 ou 13 de março.

A classificação vale R$ 1,47 milhão ao clube do Parque São Jorge. A premiação aumentou nesta edição e pagará até R$ 96,4 milhões ao campeão do torneio.

O Corinthians volta a campo no domingo (25) para enfrentar a Ponte Preta, na Neo Química Arena, às 20h, pela 10ª rodada do Paulistão. Já o Cianorte recebe o Andraus Brasil no mesmo dia, às 16h, pela última rodada do Campeonato Paranaense.

O JOGO

O Corinthians começou com um gol relâmpago do inspirado Wesley, e ampliou com o centroavante Romero.

Enquanto o atacante de 18 anos infernizou a defesa adversária para inaugurar o placar, o paraguaio "incorporou" a camisa 9 — ele fez a função diante das lesões de Yuri Alberto e Pedro Raul. O clube do Parque São Jorge também mandou bola na trave e teve um tento anulado por impedimento.

O terceiro saiu após o intervalo e foi um golaço de jogada trabalhada. Sem correr riscos, O Alvinegro paulista passou a administrar o jogo na segunda etapa e ainda aumentou, carimbando a vaga na próxima fase. Com o adversário demonstrar qualquer reação, a equipe ainda rodou o time e seguiu dominando.
Titular, Carlos Miguel foi pouco exigido durante todo o confronto. "Queridinho" por parte da torcida, o goleiro de

2,04 metros assumiu a vaga de Cássio, que não teve condições de jogo, embora tenha viajado com a delegação até o Paraná, após ter sofrido um trauma no quadril no clássico contra o Palmeiras. Ele não foi vazado e aumentou sua invencibilidade para dez jogos — o Corinthians nunca perdeu com ele no gol.

GOLS E DESTAQUES

1x0: Logo no segundo minuto de jogo, Wesley foi lançado na ponta esquerda por Gustavo Henrique e partiu para cima da marcação, invadindo a área no limite da linha de fundo. Ele avançou até o segundo pau, bateu de bico e a bola ainda desviou na marcação para terminar no fundo da rede.

Trave: Aos 10min, Wesley novamente arrancou pelo lado e cruzou para trás. Maycon apareceu livre na pequena área e desviou, mas a bola bateu na trave e saiu.
2x0: Aos 31min, Garro roubou a bola após erro na saída do Cianorte e acionou Romero na área. De centroavante, o paraguaio recebeu girando e bateu rasteiro, acertando o cantinho.

Gol anulado: Aos 34min, Garro alçou a bola para a área em cobrança de falta, o goleirão não conseguiu segurar e Gustavo Henrique empurrou para as redes. O tento, porém, foi anulado por impedimento do zagueiro.
3x0: Aos 18min do 2º tempo. Garro avançou pela direita e deixou com Pedro Henrique, que sambou para cima da marcação e cruzou. Wesley desviou de cabeça no segundo pau e Romero completou para marcar o terceiro.

Quase o hat-trick: Aos 29min, Romero foi lançado na área por Garro, entre dois defensores, dominou e bateu, mas a bola explodiu no goleiro e foi para escanteio.

Travessão: Aos 46min, Gustavo Henrique ficou com a sobra após escanteio e arriscou do meio da rua. A bola pegou efeito e acertou o poste de cima

Ficha técnica
Cianorte 0 x 3 Corinthians

CORINTHIANS
Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo; Raniele (Fausto Vera), Maycon (Guilherme Biro) e Rodrigo Garro; Wesley (Gustavo Mosquito), Romero (Giovane) e Pedro Henrique (Matías Rojas). T.: António Oliveira

CIANORTE
Vinicius; Adriano Jr (Lucas Lourenço), Raphael, Guedes e Samuel; João Mafra, Juninho (Nicolas) e Natham; Beléa (Guilherme), Vinicius Faria e Jr. Dutra (Carlos Alberto). T.: Zé Roberto.
Estádio: Willie Davids, em Maringá (PR)
Juiz: Paulo Cesar Zanovelli
Assistentes: Fernanda Nândrea Gomes e Augusto Magno de Ramos
Amarelos: Júnior Dutra, Hugo,
Gols: Wesley, aos 2min/1ºT, e Romero, aos 31min/1ºT e aos 18min/2º

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SEGURANÇA PÚBLICA

Sindicato protesta contra Derrite por exclusão da Polícia Civil de operação em SP

Presidente do sindicato dos delegados disse que decisão de Derrite de dar mais protagonismo à PM em detrimento à Polícia Civil pode 'fragilizar a estrutura policial'

Programa Jovem Aprendiz

Em busca do primeiro emprego? Empresa Raízen está com 240 vagas abertas

Interessados em se candidatar devem ter entre 16 e 21 anos; não é necessário ter experiência prévia

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter