últimas notícias
Agentes sepultadores, também conhecidos como coveiros, trabalham no cemitério da Vila Formosa, na zona leste da Capital
Agentes sepultadores, também conhecidos como coveiros, trabalham no cemitério da Vila Formosa, na zona leste da Capital
Foto: Marcello Zambrana/Agif/Folhapress

39 dias após chegar a 10 mil, SP se aproxima das 20 mil mortes por Covid-19

Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,8% das mortes

Nesta segunda-feira, São Paulo registrou 19.788 mortes e 416.434 casos confirmados do novo coronavírus, se aproximando da marca de 20 mil óbitos. O Estado havia chegado a 10 mil vítimas fatais em 11 de junho. Ou seja, São Paulo quase dobrou o número de vítimas fatais em 39 dias.

Leia mais:

De acordo com informações da Secretaria Estadual da Saúde, as taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 64,9% na Grande São Paulo e 66,8% no Estado. O número de pacientes internados é de 14.598, sendo 8.746 em enfermaria e 5.852 em unidades de terapia intensiva.

Entre as vítimas fatais estão 11.423 homens e 8.365 mulheres. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 74,8% das mortes.

Macaque in the trees
Arte: Gazeta de S.Paulo

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta