X

campanha solidária

Estoques de sangue em SP batem 40% e governo incentiva doação

O processo de doação leva menos de uma hora e pode salvar até quatro vidas

Yasmin Gomes

Publicado em 13/06/2024 às 18:30

Atualizado em 13/06/2024 às 19:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O intuito da ação é aumentar o número de doações no estado / Divulgação/Governo do Estado

O Governo de SP, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promove a campanha “Para Sempre, Doador. De Geração em Geração”, desenvolvida pelo grupo Fundação Pró-Sangue e Hemocentros Unidos. A ação é motivada pelo Junho Vermelho, mês destinado a fortalecer a importância da doação voluntária de sangue e do Dia Mundial do Doador de Sangue comemorado nesta sexta-feira (14/06).

O intuito da ação é aumentar o número de doações no estado, incentivando mais pessoas a salvar as vidas daqueles que necessitam de uma transfusão.
 
“Vários hemocentros abraçaram essa causa e o resultado foi a ação dos Hemocentros Unidos deste ano, com o mote 'Para Sempre Doador, de Geração em Geração'”, mês em que é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue, em 14 de junho”, informa Alfredo Mendrone Júnior, diretor técnico-científico da Pró-Sangue.

Níveis abaixo de 40%

Na Pró-Sangue, desde o mês passado, os estoques de alguns tipos sanguíneos estão em níveis abaixo de 40%, como O+, O- e B-, e o tipo A+. Quando o estoque de um tipo sanguíneo atinge este nível, significa que a quantidade disponível é suficiente para atender à demanda de até dois dias, dependendo do volume solicitado.

O banco de sangue é atualizado diariamente, mas os tipos O-, O+ e B- são os que, historicamente, necessitam de mais doações, já que a rotatividade é muito grande, segundo a fundação.
 
Por mês a fundação coleta e processa cerca de 10 mil bolsas de sangue, destinadas ao atendimento de mais de 80 instituições públicas de saúde da rede estadual.

Quem pode doar?

Para doar sangue é necessário cumprir alguns requisitos, entre eles:

  • Ter entre 16 e 69 anos, sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos incompletos. Os doadores com menos de 18 anos devem estar acompanhados pelo responsável;
  • Pesar no mínimo 50kg;
  • Estar alimentado, porém, sem refeições pesadas (gordurosas) nas três horas que antecedem a doação;
  • Portar documento oficial e original com foto e dentro do prazo de validade (RG, carteira profissional, carteira de habilitação).

Além de cumprir os requisitos, o doador tem algumas restrições na hora de doar, entre elas, não pode ter se vacinado nas últimas 48 horas, ter feito tatuagem no último ano, etc.

Vacinação e doação de sangue

A vacinação costuma ser um impedimento temporário para os candidatos à doação. Apesar do Estado ter prorrogado a campanha de vacinação contra a gripe, a Pró-Sangue faz um apelo à população para doar sangue antes de se vacinar.

Tempo de espera

O protocolo de triagem dos candidatos determina que as pessoas vacinadas contra a gripe devem aguardar 48 horas para estarem novamente aptas a realizar esse gesto. Já as pessoas que apresentarem uma reação adversa à vacina, como febre e dor muscular, devem aguardar o término dos sintomas para doarem.

Como doar?

Para realizar a doação, basta realizar o agendamento online no site da Pró-Sangue e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.
 
O processo de doação leva menos de uma hora e pode salvar até quatro vidas.

*Texto sob supervisão de Diogo Mesquita

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Automotor

Conheça o Territory: SUV médio da Ford

Com apenas nove meses no mercado, o modelo novo do Territory já tornou-se mais fácil de encontrar nas ruas brasileiras

DISPUTA NA GRANDE SP

Pré-candidato do PL em Guarulhos anuncia vice e fala em 'momento histórico'

'Um momento histórico e de mudanças aqui para a nossa cidade', afirmou Sanches ao anunciar a formação da chapa

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter