X

ECLIPSE SOLAR

Eclipse total: Entenda o que vai acontecer dia 8 de abril

De acordo com a Nasa, o primeiro local a ver o eclipse será a costa do Pacífico do México, por volta das 15h07 (horário de Brasília)

Leonardo Sandre

Publicado em 08/04/2024 às 10:50

Atualizado em 08/04/2024 às 10:57

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Nos Estados Unidos, por exemplo, será a primeira vez em sete anos que espectadores irão um eclipse / Justin Dicke/Unsplash

Na próxima segunda-feira (8), pessoas que estiverem no México, Estados Unidos e Canadá terão a chance de observar um eclipse solar total.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

Embora ele não possa ser visto do Brasil, esse fenômeno é bastante especial. Nos Estados Unidos, por exemplo, será a primeira vez em sete anos que espectadores irão flagrar algo do tipo.

Mas, o que é um eclipse?

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Um eclipse solar ocorre quando a Lua se posiciona entre o Sol e a Terra de uma maneira que a Lua acaba ocasionando uma sombra sobre a Terra.

A Lua então bloqueia a entrada de luz solar que chega à Terra.

Em alguns casos, a Lua bloqueia apenas parte da luz do Sol, ocasionando assim o chamado de eclipse solar parcial ou anular. Já quando a Lua bloqueia toda a luz do Sol, temos um eclipse solar total.

Onde será possível ver o eclipse?

De acordo com a Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), caso as condições climáticas permitam, o primeiro local a ver o eclipse será a costa do Pacífico do México, perto das 15h07 (horário de Brasília), da segunda-feira, 8 de abril.

Depois, o fenômeno deve seguir para os Estados Unidos, e em seguida, passar pelo Canadá, seguindo com destino ao Atlântico Norte. O Observatório Nacional irá transmitir o evento pelo Youtube.

Quando haverá um eclipse no Brasil?

Os brasileiros terão a oportunidade de acompanhar um eclipse lunar parcial em todo o País entre 17 e 18 de setembro, mas de forma um pouco distante.

O próximo eclipse solar no Brasil é do tipo anular (quando a Lua bloqueia apenas parte da luz do Sol) e está marcado para acontecer em 2 de outubro.

Neste caso, a passagem do fenômeno estará visível para estados da região Sul, Sudeste (exceto a parte norte de Minas Gerais) e o Mato Grosso do Sul. Moradores de trechos da Bahia, Goiás e Mato Grosso também terão alguma chance de flagrar o acontecimento.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

NESTA TARDE

Tarcísio de Freitas vai anunciar trens da Capital a Santos e ao Vale do Paraíba

Segundo apurado pela Gazeta, anúncios serão sobre a contratação de estudos para dois novos Trens Intercidades, com ligação da Capital a Santos e a São José dos Campos

Transportes

SPTrans abre Licitação para centralizar arrecadação bilionária do Bilhete Único

Empresa busca instituição financeira para gerenciar cerca de R$ 7,2 bilhões arrecadados anualmente com o Bilhete Único

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter